Serviços - Formação em Psicodramatista Didata

O Projeto Educacional como Matriz de Formação e Titulação do Psicodramatista Didata – Nível II da ABPS estabelece os seguintes critérios:
- Participação em Seminários de Pesquisas nos diferentes campos de trabalho. 
- Supervisão do Papel de Psicodramatista Didata respeitando os focos: Psicoterápico e Sócio-Educacional. 

Monitoria em 2 módulos, no mínimo, em Curso de Formação do Psicodramatista ou de Formação do Psicodramatista Didata. 
As aulas serão ministradas por Psicodramatista Didata e Psicodramatista Didata-Supervisor.

A supervisão será ministrada por Psicodramatista Didata-Supervisor e ocorrerá predominantemente sob a forma grupal. 
A prática será desenvolvida nos Institutos/Clínicas das Federadas e/ou em seu local de atividade profissional.

Concomitante aos espaços curriculares de Supervisão e Seminário de Pesquisa, com horas específicas de trabalho individual e grupal o candidato ao Título de Psicodramatista Didata deverá elaborar, sob a orientação de Psicodramatista Didata-Supervisor titulado pela FEBRAP, uma monografia científica original que reflita o processo de sua prática, nos focos Psicoterápico ou Sócio-Educacional, apresentada e aprovada por banca composta pelo Psicodramatista Didata-Supervisor orientador e por mais dois Psicodramatistas qualificados: Didata-Supervisor e/ou Didata.

Objetivo: Ampliação do papel do psicodramatista, através da articulação entre pesquisa e docência.
A quem se destina: Psicodramatistas formados e titulados pela FEBRAP Federação Brasileira de Psicodrama.